Weby shortcut
YouTube
Instagram
Inglês
Atividades. Prof.Wagner EUA

Professor da UFJ realiza reuniões com pesquisadores nos EUA visando estabelecer parcerias e colaboração em Pesquisa e Inovação

O prof. Dr. Wagner Gouvêa dos Santos, alocado no curso de Biomedicina da Universidade Federal de Jataí, orientador no programa de pós-graduação em Ciências Aplicadas à Saúde e membro da equipe envolvida na implantação do Parque Científico e Tecnológico JataíTech, está como professor visitante afiliado da Virginia Commonwealth University (VCU), na cidade de Richmond, Estados Unidos, desde Fevereiro deste ano. A universidade americana VCU está classificada entre as 100 melhores universidades dos Estados Unidos na área de Pesquisa biomédica. Além do envolvimento na sua capacitação em metagenômica e bionanosequenciamento no departamento de Microbiologia e Imunologia, o professor Wagner tem visitado diversos laboratórios e departamentos daquela Universidade com o objetivo de estabelecer colaborações e apresentar a universidade Federal de Goiás e de Jataí.

As reuniões realizadas até o momento tem sido bem sucedidas e os pesquisadores com quem o professor estabeleceu contato têm demonstrado abertura e interesse em parcerias, assessorias e desenvolvimento de diferentes projetos de pesquisa, abrindo oportunidades de internacionalização e colaboração científica e tecnológica em diferentes áreas.

Um dos locais visitados pelo prof. Wagner foi o Parque Tecnológico da Virginia, VA Bio+Tech Park, considerado um dos melhores parques para Pesquisa e Desenvolvimento no estado da Virginia. O VA Bio+Tech Park ocupa uma área de cerca de 140 mil m 2 com mais de 70 empresas alocadas sendo algumas sem fins lucrativos, outras privadas, alguns laboratórios municipais e federais além de vários institutos de pesquisa associados. Cerca de um quarto das empresas que fazem parte do Parque iniciaram suas atividades com descobertas e tecnologias originárias da própria universidade. O restante das empresas teve seu início a partir da ação de empreendedores e pesquisadores de várias localidades dos Estados Unidos e do mundo.

Atividades. Prof.Wagner EUA

Atividades. Prof.Wagner EUA Atividades. Prof.Wagner EUA

 VA Bio+Tech Park , Parque Científico e Tecnológico da Virginia Commonwealth University.

Prof. Wagner e Dra. Ivelina Metcheva, Diretora Executiva Senior do Departamento de Tecnologia e Inovação da VCU.

 

O impacto econômico positivo atribuído ao parque desde a sua inauguração em 1995 é de mais de 3,8 milhões de dólares e tem contribuído para o crescimento, desenvolvimento e melhoria da qualidade de vida dos habitantes da cidade, através do apoio a diferentes empreendimentos de cunho econômico e social.

O professor Wagner participou de uma palestra proferida pelo prof. Dr. Shanaka Wijesinghe, coordenador do Laboratório de Farmacometabolômica e Diagnósticos, da Escola de Farmácia, cujo tema versou sobre o uso prático da realidade virtual aumentada na área Biomédica. Foi apresentado o potencial da realidade aumentada por meio do uso de óculos especiais (Hololens) que permite o usuário a visualizar em tempo real, estruturas tridimensionais de complexas interações moleculares em redes metabólicas ou ainda estruturas anatômicas que poderão auxiliar cirurgiões a se prepararem para cirurgias complexas que exigem a visualização de detalhes minuciosos e localização precisa de determinadas estruturas anatômicas in vivo. Numa linguagem mais simplificada, seria como se os médicos adquirissem a habilidade de visão por raio-X e vissem detalhes do coração e tecidos adjacentes ou ainda o cérebro de um paciente por exemplo, obtidos a partir de Imagens de ressonância magnética e tomografia computadorizada, mas num modelo tridimensional e não bidimensional. O Prof. Wagner foi convidado a visitar o laboratório do Dr. Shanaka e nessa visita foi estabelecida uma colaboração em projeto relacionado a identificação e caracterização de biomarcadores lipídicos associados a doenças utilizando espectrometria de massa com ionização por electrospray (LC/ESI/MS), um equipamento que está cada vez mais fazendo parte do cenário clínico além de laboratórios de pesquisa. O uso de espectrometria de massa já auxilia no diagnóstico de disfunções metabólicas, acompanhamento e avaliação de pacientes com diferentes enfermidades incluindo câncer.

 

                                                Atividades. Prof.Wagner EUA

Prof. Wagner e Dr. Shanaka em frente ao espectrofotômetro de massa com inonização por electrospray

No laboratório do Dr. Gregory Buck, o prof. Wagner está realizando o seu treinamento em sequenciamento de última geração e análise comparativa de genomas completos de diferentes linhagens de Trypanosoma cruzi, o agente etiológico da doença de Chagas. Por meio do uso de tecnologia de última geração como o Bionanosequenciamento, genomas completos de diferentes linhagens de T. cruzi estão sendo mapeados e comparados permitindo identificar padrões específicos de organização genômica.

                                        Atividades. Prof.Wagner EUA

Dra. Myrna Serrano (Diretora Associada), Dr. Gregory Buck (Diretor) do C

entro de Sequenciamento de DNA e Análise Genômica ao lado do prof. Wagner.

 

O bionanosequenciamento, é a técnica mais avançada atualmente utilizada para mapeamento genômico e identificação de variações genômicas estruturais que podem revelar importantes relações evolucionárias entre organismos e no caso de humanos identificar variações genéticas individuais associadas a doenças. Adicionalmente, Junto com o Dr. Gregory Buck e a Dra. Myrna Serrano está sendo acordado colaboração a longo prazo no projeto de microbioma Humano, que tem por objetivo avaliar o papel da microbiota do trato urogenital na manutenção da saúde e bem estar de mulheres e compreender como a mudança na microbiota pode culminar no aparecimento de diferentes doenças e até mesmo levar ao parto prematuro em algumas mulheres. O prof. Wagner fez um convite ao Dr. Gregory Buck para visitar a Universidade de Jataí, o qual aceitou e no próximo semestre deverá fazer esta visita.

Uma outra importante reunião foi com o vice presidente de Pesquisa da VCU, prof. Dr. Francis Macrina e autor do livro Scientific Integrity, um livro texto com estudos de casos sobre responsabilidade e ética na conduta de pesquisa. O livro oferece um valioso instrumento para compreensão e reflexão sobre este importante tema que envolve a ética em pesquisa e integridade acadêmica. Este tema, que faz parte desde há muito tempo dos currículos das universidades americanas e de ouros países, apenas recentemente nos últimos anos tem se tornando mais presente nas universidades brasileiras incluindo a UFG, que a pouco tempo instituiu uma comissão específica que está discutindo e formulando diretrizes sobre integridade acadêmica.


“As reuniões com pesquisadores, diretores e presidentes de diferentes departamentos e setores da universidade VCU, aqui nos estados Unidos, têm sido bastante enriquecedoras e promissoras. Tenho tido uma excelente recepção na VCU e estou bastante impressionado com as tecnologias de ponta utilizadas nos laboratórios e como as pesquisas realizadas na universidade tem de fato sido traduzidas em benefícios para a sociedade em geral. As reuniões realizadas até o momento estão abrindo um leque de oportunidades e grandes perspectivas de colaboração em diferentes áreas de interesse comum com a nossa universidade. Acredito que esta seja uma excelente oportunidade para a UFJ e UFG!” relata o professor.

Fonte : ASCOM UFJ com informações do Prof. Wagner dos Santos

Categorias : NOTÍCIAS

Listar Todas Voltar